domingo, 10 setembro, 2017
Capa > Dicas da Mari > Consignação > Brechó de bijuterias para vender mais
Brechó de bijuterias para vender mais

Brechó de bijuterias para vender mais


Pin It



Quem acompanha o meu blog com mais frequência, sabe que eu moro nos EUA, mais especificamente na Califórnia. Logo que eu me mudei pra cá fiquei viciada em lojas consideradas traders, consignments e vintage. Essas lojas são especializadas em vender roupas, acessórios, livros, dvds e etc, tudo usado mas em ótimo estado. Normalmente você vai ler na porta: “sell, buy or trade”, que significa: “venda, compre ou troque”. Vender bijuterias também faz parte da dica de hoje, relacionada a esse tipo de negócio com usados.A ideia principal é ter um brechó de bijuterias para vender mais peças e trabalhar com produtos de terceiros sem precisar investir muito.
Generalizando, sem destacar a bijuteria como o produto principal dessas lojas, por venderem objetos variados, roupas e acessórios usados, mesmo sendo de marcas maravilhosas e caras, as peças vão para um preço muito baixo. Quando digo muito baixo, é baixo mesmo! Roupas que custama $100.00, passam a valer $19.00, por exemplo.Mas como essas lojas funcionam?Bom, você tem uma roupa ou acessório que já não usa mais e está em bom estado. Então você vai em uma dessas lojas e vende a sua peça. O que a loja vai te pagar pode variar de acordo com a marca da peça e as suas condições também.. Vantagem? Sim, você está em vantagem porque você não deu para ninguém, você vendeu.

Para quem é ligado em um mundo mais “green”, sabe que esse tipo de negócio é uma forma incrível de reciclagem.

Outra opção é: ir em uma loja dessas e fazer a festa comprando roupas e acessórios vintage ou não por um precinho ínfimo!

Mas, porque estou falando tudo isso se no Brasil esse tipo de loja não é muito comum? No Brasil nós chamamos de brechó e ainda há muito preconceito por essas lojas.

A idéia é a seguinte: você tem uma loja? Ahh legal. Essa loja pode ser física ou online, não importa. Então, que tal transformá-la em uma loja de “venda, compre ou troque”? Nada te impede de continuar tendo a área de produtos novos. Imagine! Uma loja assim só de bijus! Eu ia me fazer!

É uma ótima idéia para quem já tem uma loja ou quer ter uma loja que venda coisas interessantes sem muito investimento. O importante é se fazer popular para dar certo.
Quem não vai querer ter algo diferente e barato?

A consignação também é um ótimo caminho para iniciar um business de brechó.

Uma pergunta: Você tem excesso de miçangas e materiais para bijus que você não quer usar? Venda. Um loja de “compra, venda ou troque” é uma ótima opção.

Como a minha amiga Jô (jonegrettibijoux.blogspot.com) falou, existem alguns brechós no Brasil que funcionam de forma equivalente até mesmo online.

Acho que o importante é o espaço ter uma boa aparência e ser agradável para se comprar. Brechós as vezes dão uma sensação de coisa velha e ruim. Alguns nem cheiram muito bem.
Espero que isso mude com o tempo por lá!

Sobre MarianaEspindola

Formada em Direito, é Empresária, Escritora e Blogueira.

2 comentários

  1. Oi Mari… a idéia é fantástica e existem algumas lojas brechós no Brasil, mas poucas ainda… parece que o brasileiro ainda tem algum preconceito com relação a isso, o que é uma pena!

    Há brechós virtuais muito legais, em blogs e etc… um famoso é o blog “casa dos brechós” (www.casadosbrechos.com), reune vários… tem tb o Brechó da Sandra (http://brechodasandra.blogspot.com)… muito ativa essa garota!

    bjos

  2. Oi,
    Há muitos anos crio bijus, desde criança, mas foi há 5anos que comecei a comercializa-las.Não me importo de ensinar,aprender e trocar e seu blog foi um achado. Espero que esse seja o primeiro de muitos contatos que teremos. Obrigada pela iniciativa e generosidade, Até breve, Raquel