sábado, 24 fevereiro, 2018
Capa > Técnicas > Arames > Como Fazer Brincos de Arame que Parecem Jóias
Como Fazer Brincos de Arame que Parecem Jóias

Como Fazer Brincos de Arame que Parecem Jóias


Pin It



Como Fazer Brincos de Arame que Parecem Jóias

A ideia é criar uma peça que tenha uma aparência de uma jóia cara. E para isso os arames de boa qualidade são muito necessários. As miçangas devem ser de cristal, pedras naturais ou mesmo as de vidro. Essas imitam muito bem detalhes que uma jóia verdadeira exige! Se você tem dúvidas sobre que arames usar e onde comprá-los, não deixe de visitar esse outro post.

Eu fiz um vídeo demonstrando como fazer brincos de arame que realmente lembram uma jóia. Eu usei fios copper (de cobre) dourados da marca Bead Smith de gauge 18 (gauge = calibre) para a base e gauge 22 para enrolar a pedra jade e as miçangas de vidro. Para mais detalhes sobre medidas de arames, clique no link de Downloads na área do Menu logo aqui acima.

1- Brinco de arame dourado modelado em forma de arabesco com miçangas de vidro rosa/nude e uma pedra jade.

Vocês podem perceber que uma das grandes vantagens de se fazer bijuterias de arame é poder desenvolver seus próprios acabamentos. Aqui a base também serve como anzol! E muitas artesãs que fabricam bijuterias de arame fazem exatamente isso: Separadamente, ou já no desenvolver da peça,criam os acabamentos.

Veja o vídeo  que eu mencionei na introdução desta postagem. Brincos de pedra jade no formato de gota:

 

Mas eu não quero parar por aqui! Preciso que vocês vejam essas outras belas inspirações que provavelmente vão aguçar a criatividade.

2- Esses brincos são praticamente uma continuação do anzól. O que dá uma aparência mais moderna e delicada quando vestidos. O arame-base de gauge (calibre) 18 foi delicadamente amassado com martelo e bigorna para que desse esse efeito de jóia parecendo ouro. As pontas são lixadas de forma ao não machucar ao vestí-los e marcadas para um acabamento mais interessante.

3- Eu já comentei com vocês que existem diferentes tipos de fios copper no mercado mundial. Alguns são achatados e quadrados já de fábrica. O que é o caso dos anzóis nesses brincos logo abaixo. Esse tom de ouro-velho é realmente um “must” se misturados à pedras, miçangas e cristais em tons pastéis.

3- O trabalho de bijuteria com arame requer muitos “enroladinhos” entre bases de arames mais grossos e as miçangas que são adicionadas à peça. Mas mesmo não adicionando miçangas, você pode perceber que esses enroladinhos vão acontecer para conectar fios e ajudar a formar o design que a artesã desenvolveu.

4- Eu não costumo usar muito os alicates que já vêm com uma proteção de silicone para modelar arames mas em alguns casos onde os modelos criados são muito complexos e exigem mais manuseio, eles são muito importantes. Como nos brincos abaixo, quanto mais apertadinhas as voltas e ondas criadas, mais manuseio se requer.

Não deixe de se inscrever em nosso canal do youtube para mais tutoriais e inspirações!

E os comentários? Deixe um logo aqui abaixo para eu saber o que você achou dessa postagem.

Sobre MarianaEspindola

Formada em Direito, é Empresária, Escritora e Blogueira.