domingo, 10 setembro, 2017
Capa > Dicas da Mari > COMO GANHAR DINHEIRO COM BIJUTERIAS
COMO GANHAR DINHEIRO COM BIJUTERIAS

COMO GANHAR DINHEIRO COM BIJUTERIAS


Pin It



Como ganhar dinheiro com bijuterias – Existem muitos artesãos que fazem sucesso e conseguem ter uma renda gordinha com seus trabalhos, sejam eles com bijuterias ou qualquer outro tipo de trabalho manual. Mas sim, existem muito mais artesãos que não conseguem atingir uma renda suficiente, até mesmo para pagar as contas do mês. É uma questão muito individual e o sucesso (ou a falta dele) pode ter vindo por conta da habilidade empreendedora de cada um. Ser apenas um bom artesão não é o suficiente. Existem alguns pontos muito importantes nessa “jornada criativa” e quero ajudá-lo a enxergar um pouco mais além do trabalho de montagem de peças artesanais.

Vou dividir as minhas dicas por partes para que você consiga visualizar com mais facilidade qual seria, ou quais seriam, as melhores opções a seguir. São 6 dicas no total mas pode ter certeza de que essa lista pode se estender bastante!

1- Investir em um nicho de mercado onde o seu artesanato se encaixe.

Você vende para que tipo de cliente? Seus clientes compram por uma questão de oportunidade ou foram atrás de você porque as suas peças são que o realmente procuravam? Quem são as pessoas que mais se interessam pelo seu trabalho? Seu trabalho é imprescindível para algum grupo de pessoas?

Se você não consegue definir uma resposta para cada pergunta que eu fiz acima, ou se você responder “não” para qualquer uma delas, então você já tem um grande bloqueio na hora de fazer dinheiro com bijuterias.

Você pode pode estar sem um bom nicho de mercado e isso não é bom para quem vende qualquer coisa!

Hoje em dia, tenho encontrado alguns nichos muito bons na área da venda de bijuterias, principalmente online. E um desses nichos é na área de festas de casamento.

Bijuterias para noivas e madrinhas é um nicho incrível! Bouquets feitos de pérolas, miçangas e cristais, enfeites de cabelos…Tudo isso dá muito dinheiro e a clientela está pronta para gastar uma boa quantia pela peça perfeita.

Mas eu vejo que muitos de vocês têm preguiça de investir no aprendizado de peças de qualidade e isso pode levá-los para a “mesmice” e ao fracasso na hora de virar um empreendedor.

Tente ser mais específico e foque aonde há procura. Não se prenda em fazer peças apenas pelo seu gosto ou porque está na moda.

2- Escreva um livro, ensine online, ensine pessoalmente, repasse seu conhecimento.

Se você é boa em uma área do artesanato ou da montagem de bijuterias, então repasse esse conhecimento!

Muitas pessoas procuram por cursos e livros diariamente. E pode ter certeza que cursos e livros não estão facilmente disponíveis no Brasil. Aliás, mal temos uma biblioteca ou pessoas que ofereçam conhecimento com qualidade.

3- Seja o fornecedor de lojas pequenas, porém populares, lojas de marca ou lojas grandes e de departamentos.

Quando você já tem um cliente grande e específico, não há nada que te impeça de ser uma máquina de fazer dinheiro com as suas peças.

Eu tenho verdadeira paixão por bijuterias de determinadas lojas. Vou aqui dar alguns exemplos para que você possa entender mais sobre o que estou falando.

Anthropology.com / Freepeople.com

Brincos da loja Anthropology.com

 

Existem muitas lojas que não são exatamente aquelas que vão comprar as bijuterias baratinhas da China. Elas preferem algo mais específico e com a cara e a personalidade delas. Seus clientes são comumente mais exigentes e gastam um pouco mais pela qualidade.

Pode ser um pouco difícil ser escolhido como fornecedor oficial de muitas dessas lojas. Mas tudo realmente vai depender somente de você e da sua criatividade e qualidade.

4- Invista na fabricação de peças de montagem de bijuterias.

Tudo bem que você goste de criar a bijuteria. Tudo bem que você ame ter as belas miçangas nas mãos para, a partir de então, criar e montar as suas peças favoritas. Mas você sabia que encontrar as peças de montagem mais lindas pode ser muito difícil? Você sabia que a maioria das miçangas são importadas? Pois é. Se você quiser fazer um investimento um pouco maior e que dê retorno de verdade, a minha dica é: Fabrique peças de montagem!  Miçangas duo, miçangas de vidro, miçangas de madeira, miçangas feitas a partir de conchas, miçangas de papel e plástico… ferramentas como wigjig, beadloom, agulhas e muitas outras…Tudo isso é muito desejado! E quase todos os fornecedores que conheço cresceram rapidamente nesse mercado.

5- Venda seus projetos.

Vender seus projetos pode incluir os seguintes pontos, mas não está somente restrito a:

  • Criar diagramas e tutoriais e vendê-los em um website criado por você mesmo;
  • Criar uma página com membership  e uma fatura mensal para cada membro ter acesso a projetos na área da montagem e criação;
  • Vender projetos a partir de uma página já existente. O Etsy.com é um dos mais famosos nessa área mas ele é todo em inglês;

6- Festas privadas para vender peças e feiras de artesanato.

Algumas pessoas investem em apenas um ou dois dias da semana para vender as suas peças dessas duas formas. E isso pode dar um belo lucro com uma bela renda mensal!

Se você acha que esse pode ser o caminho, pelo menos para iniciar o seu processo empreendedor, go for it!

Aqui nos EUA é muito comum existirem festas privadas, programadas com convite virtual e tudo, só para vender coisas. Isso inclui maquiagem, roupas e mesmo acessórios. Existe até uma marca famosa chamada Lulahoe que possui vários seguidores e vendedores espalhados pelo país.

Calça da marca Lulahoe. As vendedoras recebem as roupas e vendem em festas privadas em suas casas ou casas de amigas.

O foco principal é o investimento de tempo online para tornar-se conhecido e começar os eventos. Muitos criam anúncios pagos em plataformas como o Pinterest, Instagram e Facebook para atrair a clientela para o evento.

Considerações finais:

Entenda que nada disso requer pouco trabalho ou pouco esforço. Mas as possibilidades de se ter uma boa renda é quase inevitável! Se você ama bijuterias mas não tem paciência para investir em boas formas de venda e de expor o seu trabalho, então o artesanato pode não ser para você. Ou talvez o artesanato somente sirva para trazer um passatempo ou um hobby legal ao seu dia-a-dia.

Ninguém tem sucesso fazendo as coisas de qualquer maneira ou esperando as oportunidades cairem do céu.

Reflita sobre cada dica dada nesta postagem e organize-se! Organização + qualidade + ação são a base de todo projeto de sucesso.

Até a próxima dica!

Por Mariana Espindola.

(Veja também a minha postagem sobre consignação).

Sobre MarianaEspindola

Formada em Direito, é Empresária, Escritora e Blogueira.