segunda-feira, 9 junho, 2014
Capa > Estilos > Retrô > Anos 60 > Pulseira Hippie
Pulseira Hippie

Pulseira Hippie

Veja que fofura esta pulseira hippie de crochê com miçangas! Eu achei a mistura de cores particularmente o máximo e totalmente hippie.

O fato de ter pontos de crochê variados e também miçangas costuradas, a pulseira fica com várias texturas diferentes.

Para fazer o acabamento, use botões. É uma forma fácil de acabamento e confortável para o uso também.

Já que eu postei sobre esta pulseira meio hippie, que tal então falarmos sobre essa moda que foi febre na década de 60 e 70?

Hail The New Hippie
Os “hippies” (no singular, hippie) eram parte do que se convencionou chamar movimento de contracultura dos anos 60 tendo relativa queda de popularidade nos anos 70 nos EUA, embora o movimento tenha tido muita força em países como o Brasil somente na década de 70. Adotavam um modo de vida comunitário, tendendo a uma espécie de socialismo-anarquista ou estilo de vida nômade e à vida em comunhão com a natureza, negavam o nacionalismo e a Guerra do Vietnã, bem como todas as guerras, abraçavam aspectos de religiões como o budismo, hinduismo, e/ou as religiões das culturas nativas norte-americanas e estavam em desacordo com valores tradicionais da classe média americana e das economias capitalistas e totalitárias. Eles enxergavam o patriarcalismo, o miltarismo, o poder governamental, as corporações industriais, a massificação, o capitalismo, o autoritarismo e os valores sociais tradicionais como parte de uma “instituição” única, e que não tinha legitimidade.
flower power ... (:
Os Hippies e suas origens:
O termo derivou da palavra em inglês hipster, que designava as pessoas nos EUA que se envolviam com a cultura negra, e.x.: Harry The Hipster Gibson. Em 6 de setembro de 1965, o termo hippie foi utilizado pela primeira vez, em um jornal de São Francisco, um artigo do jornalista Michael Smith. * A eclosão do movimento se deu ao surgimento da chamada Geração Beat, os beatniks, uma leva de escritores e artistas que, primeiramente, assumiram os comportamentos copiados pelos hippies. Com a palavra “beat”, John Lennon, transformado em um dos principais porta-vozes pop do movimento hippie, criou o nome da sua banda “The Beatles”. Tanto o termo beatnik como o termo hippie assumiam sentido pejorativo para a grande massa norte-americana.

Penteado hippie:

Estilo e comportamento:

Nos anos 60, muitos jovens passaram a contestar a sociedade e a pôr em causa os valores tradicionais e o poder militar e econômico. Esses movimentos de contestação iniciaram-se nos EUA, impulsinados por músicos e artistas em geral. Os hippies defendiam o amor livre e a não-violência. Como grupo, os hippies tendem a viver em comunidades coletivistas ou de forma nômade, vivendo e produzindo independentemente dos mercados formais, usam cabelos e barbas mais compridos do que era considerado “elegante” na época do seu surgimento. Muita gente não associada à contracultura considerava os cabelos compridos uma ofensa, em parte por causa da atitude iconoclasta dos hippies, às vezes por os acharem “anti-higiênicos” ou os considerarem “coisa de mulher”.
Colar hippie com pequenos símbolos que representam a paz:
Os Hippies não pararam de fazer protestos contra a Guerra do Vietnã, cujo propósito era acabar com a guerra. A massa dos hippies eram soldados que voltaram depois de ter contato com os Indianos e a cultura oriental que, a partir desse contato, se inspiraram na religião e no jeito de viver para protestarem. Seu principal símbolo era o Mandala (Figura circular com 3 intervalos iguais).
Para fazer este colar vá no link “bijuteria e a reciclagem” ao lado e veja as idéias sobre bijuterias feitas com papel.
Bata no estilo hippie, um luxo? Sim, um luxo! Quem disse que esse estilo não pode ser chique e classudo? Perceba o bordado feito nos tons pêssego, laranja, turqueza, branco e preto, lindo mesmo!

Você quer dar um “up” naquela blusinha ou bata básica que você tem em casa? Então vou te dar uma idéia:
1-Corte um pedaço de tecido num tom que combine com o tom da roupa em que irá usar. Este pedaço deverá ser cortado no modelo em que você quer que o bordado seja coturado. Veja a bata acima, o bordado foi feito em toda a volta da gola em “V” com uma pequeno balão abaixo. Se você quiser este mesmo modelo, corte duas faixas de tecido no tamanho da gola e um modelo de balão.
2-Com uma caneta ou lápis, desenhe a estampa que você deseja bordar. Com agulha e linha, borde com miçangas variadas e a seu gosto.
3-Para finalizar, costure suas faixas bordadas e o balão também bordado na blusinha ou bata.

Sobre MarianaEspindola

Formada em Direito, é Empresária, Escritora e Blogueira.

4 comentários

  1. Olá. Bom o meu estilo é marcadamente hippie.. é algo que gosto de usar, com que me identifico e me sinto bem. adorei este artigo e as imagens que colocou e gostaria que me desse uma informação: à muito tempo que gostaria de comprar uns óculos de sol e adorei os da imagem “flower power”… poderia me dar umas dicas para me ser mais fácil de encontrar uns parecidos? estilo, lojas, etc..
    Obrigada pela atenção, agradecia resposta.

    Deixo o meu e-mail: bruna.anacleto@live.com.pt

    Agradecia imenso que mandasse a resposta para o meu e-mail.
    Mais uma vez, obrigadíssima!

  2. Olá! Adorei a matéria, mas não consigo encontrar a seção de como fazer o colar do carrinho psicodélico!! Vc poderia mandar o link para o meu e-mail? Obrigada!!!
    (anielymussoi@gmail.com)

  3. Olá adoro visitar seu blog muito criativo e confeço que me apaixonei pelas suas dicas e passo a passo de criação parabéns…adorei seu post hippie.
    bjo

  4. Olá Boa noite!
    Adoro visitar seu blog
    entro nele todos os dias e atravez das suas bijus vou criando as minhas
    esse blog é tudo….Já criei varios modelos atravez dele bjos Grande abraço