Pin It
Tweet




Pin It
Tweet



terça-feira, 12 julho, 2016
Capa > Dicas da Mari > Um alerta às novas e antigas artesãs, montadoras de bijuterias.
Um alerta às novas e antigas artesãs, montadoras de bijuterias.

Um alerta às novas e antigas artesãs, montadoras de bijuterias.


Pin It



Por Mariana Espindola.

É incrível como recebo emails de pessoas me pedindo opiniões, sugestões e até modelos exclusivos de passo a passo de bijuterias. São muitos mesmo!

Mas o mais interessante nesses emails, não são os pedidos de passo a passo, mas o fato de eu poder perceber o quanto algumas pessoas subestimam a dificuldade que existe em se criar, executar e, finalmente, obter uma peça diferenciada e, ao mesmo tempo, agradável aos nossos olhos. A isto, chamamos ARTE.
Algumas pessoas têm o dom, já nascem com ele e, rapidamente pegam uma ideia e a partir daí, passam a criar coisas mais bonitas ainda. Outras, já têm mais dificuldade, não somente em executar o que está explicado, como também lhes falta criatividade, buscando sempre copiar apenas. Elas reclamam não conseguirem fazer um certo modelo ou, não conseguirem de forma alguma seguir um determinado passo a passo ou até o quão errado um acabamento ficou.
Vou digitar aqui uma palavrinha bem simples do que eu penso com relação a tudo isso: Normal!!!!
É normal você iniciar qualquer trabalho e não conseguir ser um sucesso logo de primeira. É normal também você não ter qualquer experiência e produzir um trabalho que não dê certo.Não entre em desespero porque hoje, você não conseguiu fazer um colar com a técnica do peyote (por exemplo). Seja racional. Estamos falando de trabalho. Dedique-se a aprender a fazer este mesmo colar até conseguir. Procure fontes para a técnica que ele exige. Pesquise. Vá até onde puder para criá-lo. Não espere que alguém o faça por você!

Não subestime a montagem de bijuterias!
Gia criando bijuterias para a sua marca Gia Fragalli Creations.
Criar uma peça bonita e de qualidade requer treinamento, tempo, e algum investimento financeiro. Além é claro, de muito amor e paciência.
Querer fazer uma peça legal e que venda fácil, milhares de artesãs em todo o Brasil estão batalhando por isso. Mas para a venda e o sucesso acontecerem, é necessário: ESTUDO, TEMPO e INVESTIMENTO!
Você já deve ter ouvido falar em faculdade de moda, é claro. Então, se existem pessoas fazendo uma faculdade para criar roupas, acessórios, estilos e etc, por que essa mesma dedicação seria diferente para a montagem de bijuterias? Bijuteria é moda, é estilo… é um trabalho.
Colar por Lady Madeleine’s – Singapura.
Por isso digo e repito: não subestime a montagem de bijuterias. Não é porque você fez um par de brincos de pérolas bonitinho que amanhã você vai estar vendendo o suficiente para sustentar as suas finanças.
Mesmo a maioria dos que se formam, depois de anos de faculdade, têm dificuldades de já pagarem as suas contas.
Montar bijuterias não é necessariamente = a dinheiro fácil.
Um bom trabalho com estudo, disciplina e investimento pode ser = a dinheiro no bolso. Mas nunca = a dinheiro fácil. Não é fácil ser um profissional em alguma coisa, concorda?
A montagem de bijuterias vai além do que muitas pessoas imaginam.
Este blog tem o prazer de apresentar muitos modelos de passo a passo e idéias bem legais e criativas. Mas o mundo das bijuterias vai além do que este blog pode te oferecer. O sucesso vem do querer fazer sucesso e embutir isso em disciplina. Disciplina = dedicação + organização + investimento de tempo e estudos.
Espero que muitas de vocês tenham tido paciência de ler esta postagem! A intenção é alertar, abrir os olhos mesmo, das miçangueiras que se entristecem à primeira dificuldade. E lembrem-se, é bíblico:

Gênesis 3:19: “Do suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, porque dela foste tomado”;

Sobre MarianaEspindola

Formada em Direito, é Empresária, Escritora e Blogueira.

11 comentários

  1. falou tudo!

    adoro aprender tecnicas novas, mas gosto de sentir minha cabeca borbulhantos de ideias do que pode ser criado a partir de certas tecnicas

    otimo trabalho, to sempre passando por aqui, embora nem sempre deixe recados… (correria)

  2. Mandou bem Mari…muitas vezes bate o desanimo, mas temos que superar e se não deu certo uma vez, tente a segunda!!
    Quando comecei tinha dificuldades diferentes das que tenho hj e assim é a vida e seus desafios!

    Bjnhos da Rê

  3. É isso aí mesmo Mari! Persistência, Humildade, Paciência, Estudo, Prática, Garra e talento… beijos

  4. Olá Mariana. Quanto tempo. Senti falta da caixinha de recados rs.
    Menina que post ótimo! Adorei, foi meio que uma “chamada” pros descuidados d eplantão que como você mesma disse subestimam todo o processo de criação até a apresentação de uma peça. Ultimamente ando esditando mais meu blog de feminices quando der passe por lá tá. http://www.umjeitotaoeudeser.blogspot.com
    Ah! Muito sucesso a sua lojinha virtual, quando eu tiver dimdim, viro freguesa rs. Beijos e ótima fim de semana.

  5. Adoro ler os seus textos e tenho seguido o seu blog com atenção. Estou em fase de aprendezagem e por vezes não é facil. Confeço que isto para mim é apenas um hobbie muito sério 🙂 mas admiro muito os trabalhos lindos que se encontram por aí. Mas sempre que posso procuro aprefeiçoar-me dentro das minhas capacidades 🙂

  6. Oi Mariana, tem o meu apoio em tudo que postou, acho realmente que suas dicas servem de estímulo, servem pra gente olhar e querer mais, eu pedi uma dica a vc um tempo atras… talvez não tenha tido tempo pra olhar, porém não fiquei plantada esperando, fiz o que você acabou de citar, fui atras… pesquisei… desmanchei peças prontas pra sentir como era… fiz e refiz até chegar onde eu queria… eu sou assim quando quero algo corro atras e é assim que temos que ser, realmente lidar com bijuterias não é brincadeira, criar um modelo não é brincadeira.. fico extremamente feliz quando chego onde eu quero com meus modelos e seu blog tem me ajudado muito.. eu fiz a caixa pra tirar fotos das peças que vc indicou no blog é impressionante como com tão pouco valorizei extremamente as fotos, agradeço por sua humildade em compartilhar conosco o que você sabe, bjssss..

  7. “A intenção é alertar,abrir os olhos mesmo,das miçangueiras que se entristecem a priemira dificuldade.”

    Adorei kkkkkkkkkkkkkkk

    Mas eh verdade. Muitas vezes me falaram ao verem uma vela minha :”Eh facil de fazer,nao?”.
    Eu sempre dizia: Sim,vendo a ideia pronta sim.

    beijos

  8. Mari , mandou bem como sempre. Criar, pesquisar, tudo requer tempo paciencia, dedicação.

    Beijos querida!

  9. Olá!!1
    Adoro o seu blog, passo por cá com regularidade, não a que gostava mas a que posso ter.

    A bijuteria é um hobby que quero desenvolver em negócio. começou no momento em que pensei casar e quis um bouquet e acessórios diferentes…era tudo caro e chato nas lojas….de pesquisa em pesquisa fui comprando materiais fui experimentando….enfim….como sempre tinha gostado da área conhecia algumas técnicas…
    mas reconheço q preciso aprender muito ainda pois é preciso muito empenho e dedicação para uma peça ser valorizada….ando a tentar…com pena minha de momento não posso tirar nenhum curso, em portugal são muito caros, mesmo os workshpos são muito caros para o que acabam por ensinar…
    enfim vou-me valendo dde muita pesquisa da internet e de puxar muito pela cabeça e pelos conhecimentos que tenho noutras áreas…
    adoraria uma visita.
    estou em fase de remodelação de imagem e erstou a criar um logo….quem sabe n me dá uma dica???
    beijos de Portugal
    Gdesignspot.blogspot.com

  10. Olá Mari, Quero agradecer muito pela sua ajuda e por ter criado esse blog espetacular. Eu estou aprendendo muito com você. Claro, que ainda falta um caminho longo a percorrer, mas eu tenho esperança de chegar lá.
    Muitos Beijos!!